Ministro do STF suspende aumento de salário da enfermagem

Ministro do STF suspende aumento de salário da enfermagem

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, suspendeu neste domingo, dia 4 de setembro, a lei que instituiu o novo piso salarial da enfermagem no Brasil.

A decisão do ministro é de 60 dias, prazo para que sejam analisados dados do Governo Federal, Estados, Municípios, conselhos e entidades do setor. Segundo Barroso, o aumento, já sancionado pelo presidente Bolsonaro, pode gerar demissões em massa e prejudicar a saúde no país.

O ministro é relator de uma ação da Confederação Nacional de Saúde, Hospitais e Estabelecimentos de Serviços (CNSaúde), que argumenta que o piso é insustentável. Dentro dos próximos dias a decisão de Barroso será levada ao plenário do STF para análise dos demais ministros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.