Haitiano é morto a tiros após agredir agente da Guarda Civil Municipal em Santa Fé do Sul

Haitiano é morto a tiros após agredir agente da Guarda Civil Municipal em Santa Fé do Sul

Um haitiano de 37 anos morreu baleado pela Guarda Civil Municipal (GCM) de Santa Fé do Sul (SP). O caso foi registrado na tarde desta segunda-feira (29). Segundo o boletim de ocorrência, o homem usou um pedaço de madeira para agredir um agente da corporação.

O comandante da Guarda Civil Municipal deu ordem de prisão ao haitiano, mas não foi obedecido e atirou duas vezes para defender o companheiro de farda. O homem foi socorrido e encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O agente da corporação agredido sofreu ferimentos na cabeça e precisou passar por avaliação neurológica. Ainda conforme o boletim de ocorrência, a arma usada pelo comandante da Guarda Civil Municipal foi apreendida. A Polícia Civil de Santa Fé do Sul investiga o caso.

Agressões

Segundo a Guarda Civil Municipal, o haitiano estava envolvido em uma série de ocorrências. Nesta segunda-feira, o homem entrou em uma farmácia e agrediu um comerciante a pauladas. Dias antes, o haitiano foi detido suspeito de tentar bater em um segurança de uma agência bancária.

Em nota, a Guarda Civil Municipal de Santa Fé do Sul lamentou a morte do homem. “O comandante já se apresentou e prestou depoimento para a Secretaria de Segurança Pública (SSP).”

A Secretaria de Assistência Social de Santa Fé do Sul informou que fez uma força-tarefa para levar o haitiano de volta ao país de origem, mas o homem não aceitou. “Além disso, em cinco anos, ele passou por três internações feitas por meio do Centro de Atenção Psicossocial (Caps).”

Fonte: G1 São José do Rio Preto e Araçatuba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *